Educação

Greve deve se limitar aos professores nas escolas e creches municipais de Anápolis

Se pegar, a greve anunciada pelo Sinpma pode afetar as aulas de 33 mil alunos da rede municipal.

Porém, nas 101 escolas e creches da Prefeitura de Anápolis, profissionais da Educação que atuam no administrativo, como cuidadores, serviços gerais e merenda darão expediente.

É que os dois sindicatos que representam esses servidores, embora também façam reivindicações junto ao Executivo Municipal, não sinalizam que se somarão à paralização.

Reservadamente, dos servidores que a seção Rápidas do Portal 6 conseguiu ouvir em algumas unidades, o discurso é que a pauta pela complementação do reajuste já dado aos professores no início do ano não repercute aos demais profissionais da educação e, por isso mesmo, não faria sentido para eles também cruzar os braços.

Outro incômodo mencionado é a conotação política que estaria na recente radicalidade do Sinpma, incentivada pelo processo eleitoral que está próximo, e na aproximação do ex-prefeito e atual vereador Antônio Gomide (PT), que responde a vários processos na Justiça.

Quer comentar?

Comentários