(Foto: Captura/ YouTube)
Imprensa

Folha de S. Paulo destaca rotina incansável de médica cardiologista de Anápolis

Ela comanda três das maiores e mais modernas UTI’s do Brasil (InCor, Sírio Libanês e Icesp) por 24h. Seu nome: Ludhmila Abrahão Hajjar, de 40 anos, médica cardiologista natural de Anápolis, que após revolucionar o protocolo de cirurgias no coração a partir de uma tese defendida no doutorado.

O reconhecimento ao incansável trabalho de Ludhmila veio através da Folha de São Paulo, o de maior circulação no país, com a vídeo-reportagem “Faltam horas no dia de cardiologista das três maiores UTI do Brasil”.

No material, o jornal acompanhou parte da rotina da profissional. Um trecho destacado pela publicação resume bem o senso de missão que Ludhmila adquiriu em 15 anos de atuação médica.

“Só queria que o dia tivesse mais horas”, disse.

Quer comentar?

Comentários