Imprensa

Caso de impunidade em Anápolis é citado no Jornal Nacional

Reportagem de Honório Jacometto, da TV Anhanguera, no Jornal Nacional da última sexta-feira (1º), mostrou que o endurecimento da legislação de trânsito no Brasil contra motoristas bêbados que matam em trânsito ainda é falha.

O jornalista deu como exemplo o caso do empresário extremamente bêbado, que no último dia 24 de fevereiro matou o entregador da LeoMed, Marlon Regis Santana de Souza, de 42 anos, na calçada do estabelecimento, na Avenida Brasil Norte.

Exame da Polícia Rodoviária Federal (PRF) comprovou que motorista Fernando de Medeiros Cordeiro, de 35 anos, tinha grande quantidade de álcool no organismo, mas ele foi liberado na Central de Flagrantes após pagar fiança de R$ 2 mil.

A corregedoria da Polícia Civil abriu processo administrativo para investigar a conduta do delegado.

Quer comentar?

Comentários